Destaques Funcel Vantagens:

  • Ecco-Salva
  • Empréstimo CEF
  • CLA
  • Liberty seguros

CM Soccer 17/18 - Taça Hospitium

Funcel Esportes - 07/11/2018

kjj

Fundação CELEPAR
Coordenação de Esportes

Championship Manager Soccer 2017/2018
Taça Hospitium

Tamandaré News – o jornal do seu futebol



7 de novembro, quarta-feira.


Finalmente elas chegaram.

As finais da Taça Hospitium, o segundo turno do CM Soccer 2017/2018, serão realizadas no próximo sábado, dia 10, a partir das 9h30 no Monumental Tamandaré Arena, na sede campestre da Funcel. Nas semifinais, dois confrontos entre os clubes “da casa” e os convidados, sobraram emoções. O Panela Veia precisou utilizar toda a experiência do mundo para vencer o dedicado selecionado serprense. Depois, Varzelona e Multi, para delírio do público presente, esticaram a corda até a disputa alternada de shootouts.

Um primeiro tempo morno. Assim definimos a primeira parte do confronto entre Panela Veia e Serpro. A ansiedade dos atletas prejudicou o desempenho dos dois clubes e se não fossem por alguns poucos momentos protagonizados pelo insuperável goleiro serpreiro Dani Favretto, os bocejos da inflamada torcida funcelina teriam sido maiores. No intervalo, a conversa de vestiário surtiu efeito. A disposição aumentou e aos 9’ Marcos Scheide aproveitou o vacilo da zaga alvibranca e empurrou para o gol dando vantagem aos azulados vizinhos da Serpro. A intensidade da partida foi ao limite. Pressão paneleira. Na briga, na luta, na raça (no maior estilo Dilmar Coimbra) veio o gol de empate aos 14’. Serpro sentiu e recuou. O Panela ganhou confiança. O relógio apontava 23’40’’ quando saiu o tento da vitória. Jair Fernandes fez a nação panelense vibrar, garantindo a vaga na decisão.

Semifinais são sempre tensas. Varzelona e Multi não conseguiram apresentar nada parecido com o que fizeram durante todo o campeonato. O jogo ficou truncado ali no meio campo. Marcação sempre forte. O arremates de longe estavam sem direção. Os goleirões Jotapê e Eduardo tiveram pouco trabalho, mas quando o tiveram fizeram muito bem feito. Só lá pelos quaraquaquas do segundo tempo é que o jogo acelerou. O Varzelona com maior posse de bola tentava chegar na base do abafa. O Multi jogava a bola longa e tentava resolver no contra-ataque. As raras oportunidades não se concretizaram em gol. Foi o primeiro 0x0 do CM Soccer e decisão foi para os shootouts. Daí foi louco! Gabriel Volkmann e Vanderlei Ramos fizeram os seus. 1x1. C. Hilário perdeu a sua chance. Ulisses Amaral tinha a chance de colocar o Multi na frente e teve seu chute interceptado pelo goleiro JP com o braço esquerdo fora da área. A regra decreta penalidade máxima e a expulsão do goleiro (muita treta!). Gabriel foi para o gol e defendeu a penalidade, mas o árbitro mandou voltar. O substituto do goleiro se adiantou mais que relógio de ansioso no horário de verão. Nova cobrança. Outra defesa. Milagre. Após a intervenção a bola chegou a bater seis vezes nas traves. Luiz Eifler colocou o Varzelona na frente novamente. E aí, com a baliza lacrada, Juliano de Gois desperdiçou a última chance do Multi. O Varzelona estava na final. Que sufoco!

No próximo sábado eles estarão frente a frente. Venham curtir esses últimos momentos da Taça Hospitium com a gente!

#vemprafuncel #vemprachácara #vemverfutebolraíz #afuncelé+

Coordenação de Esportes
Profº Paulo Farias Paixão Junior
Coordenadora Joice Aparecida Gomes


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

xg

16 de agosto de 2018, quinta-feira.


No sábado, dia 25, acontecem as semifinais da Taça Hospitium, o segundo turno do CM Soccer 17/18.
As quatro equipes semifinalistas da Taça Philia repetiram a sorte e disputam as vagas da grande decisão. Panela Veia e Serpro, Varzelona e Multi. Quem chega?

dia 25 de agosto, sábado.
09h30   PANELA VEIA   x   SERPRO
10h30   MULTI   x   VARZELONA

Venham participar e torcer para os nossos craques!


Coordenação de Esportes
Prof. Paulo Farias Paixão Junior
Coordenadora Joice Aparecida Gomes

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

30 de julho, segunda-feira.


A rodada decisiva da fase classificatória da Taça Hospitium reservava grandes emoções para a manhã do sábado, dia 28. As agremiações entraram em campo precisando do resultado. Um tropeço poderia significar a ausência do time nas semifinais. E desde as 9h30 foi assim. O Tamandaré Funcel Arena só recebeu partidas decisivas.

Bergamota Mecânica e Varzelona duelaram logo cedo. As duas equipes estavam em situações semelhantes nos seus respectivos grupos. Só a vitória interessava e o Varzelona entrou muito concentrado e objetivo. Sem muitas trocas de passes o que interessava era o gol. A pressão deu resultado e quando o Bergamota percebeu o placar já era amplamente favorável aos azuis-grenás varzelonenses. 4x0 antes do intervalo com gols de Carlos Hilário, Luiz E. Eifler, Gabri Volkmann e Everson Bento. Aos bergamóticos restava escalar o Everest no segundo tempo. O time voltou bem melhor, mais organizado. Mas marcar tantos gols em uma das melhores defesas do campeonato não seria fácil. Sem a necessidade de atacar o Varzelona abdicou dessa construção e passou a se defender com todos os atletas. Bicuda pra todo lado. Os tangerinos criaram algumas oportunidades, mas nada que colocasse a vitória varzelônica em perigo. Final 5x1. O resultado positivo ainda não garantia o Varzelona nas semis. Ainda seria necessário secar os adversários do grupo A.

Multi e Serpro fizeram o clássico da rodada, mas entraram em campo mais tranquilas após o resultado da primeira partida da manhã. O empate já classificaria a equipe multiense. O selecionado serprino só cairia em caso de uma derrota elástica e improvável. O jogo foi pegado. Cheio de disposição. Com as defesas superando os ataques. Foi a partida mais faltosa do campeonato: 14 no total. Muita catimba e lampejos do futebol que levou as equipes a decidirem a Taça Philia, primeiro turno do CM Soccer 17/18. No final do primeiro período, Marcos Scheide colocou Serpro na frente. A retranca foi armada e só faltou combinar com o Multi. Na base da insistência, Cláudio Russo e Ulisses Amaral viraram a partida após o intervalo. O resultado de 2x1 persistiu até o final e deixou as duas equipes satisfeitas e classificadas para as semifinais.

Na última partida da rodada o Time de Segunda apostava todas as suas fichas contra o já classificado Panela Veia, líder do grupo B. A vitória segundina eliminava o Varzelona, que secava do outro lado do alambrado (alambrado e fosso são coisas de futebol raíz). Em campo, as estratégias pareceram muito bem definidas. O Panela Veia colocou a gurizada para ganhar cancha. Breno Queiroz, Roger Castro, Reginaldo Rogério e Leonardo Muller, ditaram um ritmo acelerado na posse de bola paneleira. O Time de Segunda apostava na defesa bem postada e nas arrancadas do chinês matador Kleber Ruy. O plano era bom, mas a prática é diferente da teoria. O Panela ficou com a bola e criou bastante. O goleiro e a defesa segundense seguraram o quanto puderam, mas foram castigados no último minuto do primeiro tempo. Jorge Rolim deu vantagem ao Panela. O Time de Segunda sentiu o golpe. Tentou atacar no período derradeiro, mas encontrou muita resistência do outro lado. No final, Adriano Lima ampliou e decretou a vitória alvibranca: 2x0.

As semifinais estão agendadas para o próximo 11 de agosto. Multi e Varzelona, Panela Veia e Serpro decidem as vagas na finalíssima. Esperamos ter a sede campestre lotada para esses dois grandes jogos.

Até lá!

Coordenação de Esportes
Profº Paulo Farias Paixão Junior
Coordenadora Joice Aparecida Gomes


-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

ty

5 de julho de 2018, quinta-feira.


Após alguns insucessos climáticos, a Coordenação de Esportes realizou no último sábado, 30 de junho, a penúltima rodada da fase de classificação da Taça Hospitium, o segundo turno do CM Soccer 2017/2018. As duas partidas foram muito bem disputadas, mas os artilheiros economizaram nos gols. Mais tarde, o presidente da corporação que defende o direito dos goleadores pés de vírgula de Almirante Tamandaré e redondezas garantiu que: “Houve sim essa paralisação. Os atacantes têm buscado seus direitos e um acordo com os órgãos responsáveis está perto. Alguns deles já estão produzindo normalmente e acreditamos que em uma semana, no mais tardar, o atendimento tenha sido normalizado em toda a região”.

Serpro e Time de Segunda abriram a rodada com muita luta. Os smurfético serprenses praticamente garantiriam a classificação com a vitória. Os segundinos precisavam dela para manterem acesa as possibilidades de alcançarem as semifinais. A partida foi de excelente nível técnico, com estratégias bem definidas. Sem seu goleador, Douglas Gonçalves, o selecionado serprino manteve o controle da posse de bola e criou oportunidades com paciência. O Time de Segunda recuou suas linhas e defendeu-se como pode. Isolado no ataque, o chinês matador Kleber Ruy, esperava a oportunidade certa para o bote. O Serpro tentou, tentou e não superou a muralha amarela erguida pelo adversário. A defesa do Time de Segunda jogou muito bem. Destaques para as exibições de Ewaldo Saldanha, Will Barboza e Rodrigo Albani. Por outro lado, aos quaraquaquá do segundo tempo, a bola que os segundenses tanto esperavam apareceu e Kleber balangou a rede. O placar magrinho persistiu e a tabela de classificação do Grupo A ficou toda embolada após a vitória do Time de Segunda. Multi, Time de Segunda e Varzelona disputam as vagas para as semifinais.

O Panela Veia entrou em campo favorito contra o Chinelo de Freira na segunda partida da manhã. Os chinelenses buscaram defender com dedicação, mas logo nos primeiros minutos viram a estratégia azedar após a contusão do goleirão Marcão Manikowski. Leandro Mozzato foi improvisado e fez belas intervenções até que não resistiu. Adriano Lima mercou o primeiro do Panela. O Chinelo lutou muito, mas não conseguiu criar boas oportunidades. Na mais clara delas, Edson Neto ficou indeciso, fez o passe ao invés de chutar e decepcionou a torcida. O Panela Veia continuou trabalhando a bola buscando superar a forte marcação chineleira e já nos acréscimos viu Juliano Martins encher o pé do meio da rua e anotar o segundo tento alvibranco. A classificação do grupo B também coloca três agremiações com possibilidades de chegarem as semifinais: Panela tem 11 pontos, Serpro tem 9 e Bergamota Mecânica também tem 9.

A rodada decisiva será realizada no dia 28 de julho, sábado, com quatro partidas:

09h30   VARZELONA   x   BERGAMOTA MECÂNICA
10h30  
MULTI   x   SERPRO
11h30   TIME DE SEGUNDA   x   PANELA VEIA
12h30   CHINELO DE FREIRA   x   #DESCUBRA

Aguentaaaaaa coraçãooooooo!

Coordenação de Esportes
Profº Paulo Farias Paixão Junior
Coordenadora Joice Aparecida Gomes


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


sdf

18 de maio de 2018, sexta-feira.


O CM Soccer 17/18 voltou com tudo. No dia 5 de maio retomamos as rodadas do maior campeonato de futebol suíço de Almirante Tamandaré e sua imensa região metropolitana. A Taça Hospitium, o segundo turno da competição, realizou a sua terceira rodada numa manhã de sábado espetacular.

Os campeões da Taça Philia, o Multi, enfrentou o Panela Veia numa reedição das semifinais do primeiro turno quando após o empate no tempo normal, os shootouts decidiram a favor pelo selecionado convidado. Repetindo a estratégia, os alvibrancos panelenses partiram para o ataque sem medo de ser feliz e logo com 1 minuto de partida Jorge Rolim abriu o placar. Sem abalar a estrutura da equipe, o Multi continuou apostando nos contra-ataques, na qualidade de Vanderlei Ramos e na estrela de Abdias Filho. Deu certo. O empate veio aos 11 com o próprio Abdias. A partir daí o Panela se desencontrou, cedeu alguns espaços e agradeceu a chegada do intervalo. Ali a conversa deu certo e os panelenses assumiram novamente o controle da partida. Pressionaram e pressionaram mais até que Breno Queiroz, guri com futebol de gente grande, desempatou. Um pouco mais tarde foi a vez de Roger Castro desencantar e dar números finais a partida. O goleiro Ale Perez resumiu o sentimento positivo do grupo após a vitória: “Tínhamos desfalques importantes e fomos equilibrados durante a maior parte do jogo. Valeu a vitória. É descansar para manter isso no próximo compromisso.”. Final, Panela 3x1 Multi.

O Varzelona conquistou a primeira vitória do time na Taça Hospitum no confronto contra o #Descubra na segunda partida daquela manhã. Jogando uma decisão, os azuis e grenás não fizeram uma partida de encher os olhos do torcedor. Brigaram com a bola, cometeram alguns erros bobos e, em consequência, muitas faltas. A distribuição de litros de leite foi garantida por infrações bizarras e desnecessárias. Foram sete faltas, três amarelos e um vermelho, contra apenas uma falta cometida pelo adversário. O #Descubra se mostrou mais equilibrado e, mesmo saindo atrás, buscou o empate no placar no início do segundo tempo com Ricardo Tolfo. Mas a pressão final dos campeões da temporada passada deu resultado. Gabriel Volkamnn, JoCa dos Santos e Carlos Hilário foram às redes no apagar das luzes e garantiram o Varzelona na disputa por uma vaga nas semifinais.

Time de Segunda e Bergamota Mecânica fizeram o clássico da rodada. Devido ao calor tamandaiorquino, a partida foi disputada em ritmo mais lento. Quase parando. Com muitos desfalques, os amarelados segundinos apostaram na sólida defesa contra um pesado ataque bergamótico. Por outro lado, os alaranjados mexeriquentos trabalharam a bola com paciência, sem desprezar a manutenção da bola. Estava bem difícil, mas Hércules Pletsch, artilheiro bergamotense, acertou um tiro lá do meio campo no ângulo do goleirão Ney Lopes. O gol animou o jogo e Kleber Ruy, solitário atacante do Time de Segunda, aproveitou belo lançamento e empatou. Mas não durou. Ligadão na jogada, André Silveira pegou o rebote da falta e colocou o Bergamota novamente na dianteira. Mais tarde, em cobrança de pênalti, Rivaldo Junior determinou a importante vitória dos bergamotenses, que agora lideram o grupo B. No fim, 3x1.

A próxima rodada será realizada no dia 26, sábado, com outras três partidas decisivas:

09h30      SERPRO   x   TIME DE SEGUNDA
10h30      PANELA VEIA   x   CHINELO DE FREIRA
11h30       #DESCUBRA   x   MULTI


Venham participar!

Coordenação de Esportes
Profº Paulo Farias Paixão Junior
Coordenadora Joice Aparecida Gomes

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

hh

23 de abril de 2018, segunda-feira.


A Taça Hospitium está de volta. O segundo turno do Funcel CM Soccer segue sua rotina de partidas espetaculares após uma pequena pausa. A segunda rodada realizou-se no dia 25 de novembro, quando organizamos uma enorme festa em comemoração ao ano de encontros incríveis na Sede Campestre da Funcel.

Retrospectiva:
Três partidas movimentaram o Funcel Tamandaré Arena. O Bergamota Mecânica se recuperou, após revés na estreia, vencendo o Chinelo de Freira pelo placar de 4x1. A seleção da Serpro sapecou um 3x1 para cima do Varzelona e lidera o grupo B com folga. Por ultimo, o Time de Segunda superou o #Descubra com grande atuação de Kleber Ruy (4x1).

No dia 5 de maio os maiores planteis do mundo tamandaiorquino se encontram para mais três pelejas de responsa.

09h30 MULTI x PANELA VEIA F.P.
10h30 VARZELONA x #DESCUBRA
11h30 TIME DE SEGUNDA x BERGAMOTA MECÂNICA


São todos convidados.

Até lá!
Coordenação de Esportes
Profº Paulo Farias Paixão Junior
Coordenadora Joice Aparecida Gomes


--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

jhb
É mais que futebol!!!

Fundação CELEPAR
Coordenação de Esportes

Championship Manager Soccer 2017/2018
Taça Hospitium

Tamandaré News – o jornal do seu futebol



16 de novembro de 2017, quinta-feira.


A Taça Hospitium, o segundo turno do Funcel CM Soccer, teve sua primeira rodada disputada no sábado, 21 de outubro. O desafio agora é pela segunda vaga na decisão, já que a primeira está com o Multi. Serão quatro rodadas na fase de classificação contra as equipes do grupo oposto (AxB) até as semifinais (1Ax2A e 1Bx2B).

O selecionado serprense, vice-campeão da Taça Philia, entrou em campo decidido a se reinventar após o revés na final. O objetivo era causar boa impressão e readquirir a confiança. O Chinelo de Freira estava disposto a ajudar na solução desse problema. Com alguns desfalques importantes os freirianos não conseguiram se opôr. A vantagem na posse de bola transformou-se em infinitas chances de gol. A defesa chineleira, capitaneada por Marcos Manikowski, Valter Napoleão e Douglas Felipe, sofreu um bombardeio e resistiu até que tropeçou na própria língua. Acabou o gás. Por outro lado, sem forçar muito em um primeiro período sólido, o azulado ataque do Serpro abriu vantagem de três gols com Marcelo Teixeira, Douglas Gonçalves e Cassiano Kaiss. No segundo, aumentou a vantagem com Marcos Scheide, Diego Zeni, Leon Junior e Luciano Buzzarco para delírio da Fúria Celeste. Vitória acachapante! 8x1 para lavar a alma e seguir sonhando.

No maior clássico funcelino das últimas décadas não faltou emoção. Varzelona e Panela Veia encontraram-se logo na abertura do returno. Ainda ressaqueadas pelas campanhas nada gloriosas na primeira parte do campeonato, ambas equipes promoveram mudanças no plantel e na gestão dos atletas. Brigando com a balança desde 2006, Marcelo Yudi e Everson Bento foram afastados e treinam separados do grupo varzelônico aprimorando a parte física antes de reaparecerem em campo. Os managers panelenses criaram um manual de conduta e proibiram selfies antes, durante e depois as partidas da equipe. Acreditam que a gurizada recém-ascendida tem perdido o foco e muito tempo arrumando o topete para as redes sociais. A partida foi, tecnicamente falando, a melhor da rodada. Bastante equilibrada. Cada time foi superior em uma parte do jogo. Primeiro o Varzelona, que criou muitas possibilidade e marcou penas um golzinho no último minuto da etapa inicial. Após o intervalo o Panela reagiu e martelou até empatar com Dilmar Silva na parte final da peleja. O Varzelona chegou a arriscar uma estratégia diferente, sem goleiro, com Newton Issao embaixo das traves, mas o resultado se manteve e no shootout, valendo um ponto extra, Gê Abelha, goleiro panelítico, destacou-se defendendo uma cobrança. Final, Panela 1(1)x(0)1 Varzelona.

O campeão do primeiro turno, Multi, encarou o encardido Bergamota Mecânica na partida de fundo daquela manhã. Os bergamotianos, meio desarrumados de início, buscaram pressionar e jogar de igual para igual, mas em um contra-ataque de manual, com a bola no chão passando de pé em pé, Abdias Filho abriu vantagem para o Multi. Os laranjenses tomaram fôlego e voltaram ao ataque com força e então... em duas jogadas despretensiosas viram a vaca deitar. Vanderlei Ramos e Amorim de Lima ampliaram o placar para delírio da torcida multiense. O time é muito cascudo. Com 3x0 ainda no primeiro tempo parecia ter garantido a vitória. No segunda etapa montou uma defesa impecável e mesmo isolando os atacantes, teve oportunidades de marcar mais gols. O Bergamota lutou muito. Deu muito trabalho, mas esbarrou na grande atuação do goleiro Eduardo Garcia. Final de jogo, 3x1.

No dia 25 de novembro realizaremos a última rodada do ano. Confiram o calendário e venham participar conosco.

09h30   BERGAMOTA MECÂNICA   x   CHINELO DE FREIRA
10h30  
SERPRO   x   VARZELONA
11h30
   DESCUBRA   x   TIME DE SEGUNDA
12h30   JOGO EXIBIÇÃO – PAPO DE CANCHA (futebol feminino)


Até lá!
Coordenação de Esportes
Profº Paulo Farias Paixão Junior
Profº André Felipe Lang
Coordenadora Joice Aparecida Gomes

Arquivo anexado:

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.